Com uma periodicidade quinzenal, este clube destina-se a promover o prazer da leitura partilhada, bem como o desenvolvimento de algumas técnicas que a ajudem a pôr em prática.
Para quem gosta de ler para os outros e de ouvir ler.

diz quem já viu, que é imperdível

Mary Poppins, a mulher que salvou o mundo | Teatro do Eléctrico
MARY POPPINS
A MULHER QUE SALVOU O MUNDO

TEATRO DA POLITÉCNICA (Lisboa)
19 de Novembro a 14 de Dezembro de 2013
3ª e 4ª às 19H | 5ª e 6ª às 21H | sábado às 16H e às 21H


Texto e encenação Ricardo Neves-Neves

Elenco Ana Valentim, Patrícia Andrade, Rafael Gomes, Sílvia Figueiredo e Vítor Oliveira Execução de cenário e adereços Filipe Pureza, João Oom, Raquel Albino e Ricardo Trindade Luz El Duplo Apoio ao Movimento Bernadette Sant'Anna Fotografia Raquel Albino Grafismo Pedro Frois Meneses Apoio ao grafismo Pedro Ingres Apoio à Produção Daniela Simões Direcção de produção Bernadete Sant'Anna (Teatroesfera), Ricardo Neves-Neves (Teatro do Eléctrico)

Co-produção Teatroesfera e Teatro do Eléctrico

"Surpreendente, enigmático, divertido, ligeiro, profundo, analítico, rigoroso, disfarçado de ingénuo, escudando-se na lengalenga infantil, no imaginário pop (ou mesmo sub-pop, como se diz dos sub-20s), o Ricardo Neves-Neves tem vindo a construir, como autor e como encenador, os espectáculos mais soltos, mais livres, mais desamparados que tenho visto por cá. Eu cá por mim, adoro."

Jorge Silva Melo

Mary Poppins parte sempre que o vento muda.


Este é um espectáculo swap.

Espera-se, pelo título, que Mary Poppins venha salvar o mundo desta nova família. Mas da mesma forma que as taxas de juros podem variar, o mesmo acontece com os ventos e ela parte, deixando o caos.

Mary Poppins apresenta-se a uma nova família, candidatando-se ao lugar de perceptora. Deve de facto sujeitar-se a uma entrevista de emprego, apresentando o seu vasto curriculum e falando do seu longuíssimo percurso. A família está ansiosa para a receber e lança-se em pedidos e desejos que a perceptora deverá satisfazer.

O espectáculo explora o sentido musical existente nas palavras, a prosápia, os momentos corais, o absurdo dos sentidos, integrando o non-sense, tentando dar emprego à antiga preceptora.

M/16

Reservas
961960281

Horários de Bilheteira no Teatro da Politécnica (Rua Escola da Politécnica, 54) 3ªf a 6ªf das 17h00 até ao final do espectáculo

Sáb. das 15h00 até ao final do espectáculo

Preços
Normal | 10 Euros
Descontos | – 25 | + 65 | Grupos >10 | 7 Euros

Dia do espectador | Terças e quartas | 5 Euros

Profissionais do Espectáculo/Alunos de Teatro | 5 Euros

Informações
www.teatrodoelectrico.pt
www.teatroesfera.blogspot.com
http://www.artistasunidos.pt

Teatro da Politécnica - Rua da Escola Politécnica, 54, Lisboa/ Tel: 21 391 67 50

Sem comentários:

Enviar um comentário