A temporada de 2020-2021 foi cancelada na sequência da pandemia Covid-19.

Foi com grande tristeza que nos vimos forçados a tomar esta decisão, motivada pelo perigo de propagação da doença provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) e em nome da segurança e do bem-estar de todos os participantes.

A existência de um coro, como o CLeVA, não se coaduna com as regras de distância preconizadas como medida importante de redução da transmissão de covid-19. Ter várias pessoas juntas, a ler em voz alta, é criar um ambiente confortável à propagação do novo coronavírus se, entre elas, houver um caso positivo.

Voltaremos a avaliar a situação em meados de 2021 e então decidiremos se será possível retomar a actividade normal.


O Clube de Leitura em Voz Alta é agora Coro de Leitura em Voz Alta. Tem normalmente um periodicidade quinzenal e acontece na Biblioteca de Alcochete.

Os objectivos continuam a ser os mesmos; promover o prazer da leitura partilhada; a forma passou a ser outra.

mais uma vez o final foi




de baixo valor calórico ;-)



















Aqui fica a receita dos "Corações Apimentados" da Lena R. com indicação das alterações à receita original:

Ingredientes:
500 g de farinha branca
1 pacotinho de fermento para tartes salgadas (~15g de fermento)
1 ovo (substituí por 1 dl de vinho branco)
1 dl de azeite virgem extra
sal e pimenta
1,5 dl de água morna (na minha experiência dois golos chegaram)

Material:
batedeira (opcional; a massa pode ser feita manualmente)
tigela
panos
panela com água fervente
escumadeira
papel vegetal
2 tabuleiros de forno


Preparação (cerca de 20 min + 1h30 de fermentação + 25 min de cozedura):

Misturar a darinha com o fermento, uma colherinha de sal e abundante pimenta preta em grão, moída grosseiramente. Fazer um monte, abrir o ovo e misturar o azeite. Começar a amassar (usei a batedeira eléctrica com o batedor das massas pesadas) e ir juntando aos poucos a água até conseguir uma massa homogenea e elástica (faz uma bola que se despega facilmente dos bordos da tigela).

Colocar a massa numa tigela untada com azeite, cobrir com uma folha de película transparente e deixar levedar durante 1 hora em lugar ameno (no meu caso foi mais tempo, mas estava muio frio... deixei o tempo necessário para dobrar o volume).

Formar com a massa muitos rolinhos e ligá-los de forma a obter muitos corações (ou laçarotes, ou roscas...). À medida que forem ficando prontas, colocá-las sobre um pano. No final cobrir com outro pano e deixar levedar mais 15 minutos.

Escaldar as rosquinhas em água a ferver (mergulhar e esperar que venham à tona... fui fazendo a grupos de 5), retirá-las com a escumadeira, escorrer bem e dispô-las no tabuleiro de forno revestido com papel vegetal (para esta quantidade de massa tive que usar 2 tabuleiros).

Cozer as rosquinhas no forno a 200ºC durante cerca de 20 minutos (de preferência NÃO utilizar a opção de "forno ventilado"). Deixar arrefecer. Se fechadas numa caixa de lata, conservam-se estaladiças até cerca de 20-30 dias.

Sem comentários:

Enviar um comentário